S. Boaventura e a arte de ler Francisco

Julho 15, 2021
Sem comentários

Celebramos hoje o dia de São Boaventura. Nascido no século XIII, este franciscano ficou conhecido como um grande teólogo e filósofo. Naquela época, uma das questões mais importantes era: devemos estudar Deus e mundo no mosteiro ou na universidade? Rodeados de oração informada ou bastam-nos livros, lógica e a razão? Neste contexto, Boaventura aparece com uma proposta teológica invulgar: pôr os olhos na experiência de S. Francisco de Assis e, desde a sua experiência espiritual, reaprender a ler o mundo de mão dada com a Palavra de Deus.

Para Francisco, a beleza da criação superava toda a lógica! A bondade de Deus não podia expressar-se apenas numa frase teológica redonda, mas precisava de emoção, de canções em latim e em vernáculo, de gestos de serviço gratuito, de obediência simples à Palavra…! O mundo não se resumia a linhas de excelência grandiosa. A excelência do mundo acontecia em toda a criação pelo simples facto de existir!

À luz desta experiência, Boaventura escreveu inúmeros textos procurando levar a experiência pessoal de Francisco a um modo novo de pensar o mundo e a fé! Deste modo, podemos dizer que Boaventura esboçou a ideia de uma inteligência múltipla! Uma inteligência que, como Francisco, conhece a Deus não apenas por refletir muito mas por pensar, rezar, fazer o bem, cantar, contemplar a criação, sofrer com outros, viver em fraternidade… Se Deus está em toda a criação, nenhuma das nossas dimensões se pode subtrair na sua procura.

Sem querer fazer uma comparação forçada entre Francisco de Assis e Francisco de Roma, pergunto-me se não necessitamos de acolher o desafio de São Boaventura, na arte de ler o Francisco dos nossos tempos. Na verdade, não basta acolher a misericórdia, a fraternidade e a ecologia integral como conceitos para o nosso comportamento individual. Como Boaventura, não deveríamos nós acolher esses traços de Francisco e levá-los mais além? Para o modo como pensamos a família, a Igreja, a vocação, os sacramentos, a sociedade…?

P. Miguel Pedro Melo, sj (Colaborador da Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal)

VikiS. Boaventura e a arte de ler Francisco

Deixe uma resposta