Finda a dureza dos dias da Semana Santa e a alegria do domingo de Páscoa, é fácil cair na tentação de deixar que tudo volte ao normal. Já não é preciso fazer jejum, acabaram-se as procissões, pronto! Na verdade, acabamos de entrar no tempo pascal, cinquenta dias de festa e alegria. É tempo de celebrar

Maio é um mês importante, porque é o mês de Nossa Senhora, a Mãe da Igreja e nossa Mãe. É um mês que nos convida a dirigir o nosso olhar para a nossa querida Mãe do Céu. É um mês que nos convida também a pensar na importância de Maria na nossa vida e na

Para que, através do empenho dos próprios membros, a Igreja em África seja fermento de unidade entre os povos, sinal de esperança para este continente. Tive a graça de aprender com os africanos com quem vivi em Moçambique, o espanto da sua natural universalidade do divino. Cheguei a estar em missas que tinham tantos (ou mais)