Julho 1, 2021
23026 rezaram

Rezemos para que, nas situações de conflitos sociais, económicos e políticos, sejamos artífices corajosos e apaixonados do diálogo e da amizade.

Oração

Senhor Jesus,
Filho do Pai, que chamaste “teus amigos”
aos primeiros Doze,
amando as suas fragilidades,
não levando em conta as suas traições e indignidades.
Estamos diante de ti,
desejando responder com fidelidade
à amizade que hoje nos ofereces;
também com as nossas debilidades e medos.
Fortalece-nos com o teu Espírito Santo,
como a Filipe e Pedro,
para nos decidirmos por ti, pela tua amizade,
pelo teu projeto de fraternidade e amizade social;
aprendendo a viver em harmonia uns com os outros,
abertos ao diálogo e valorizando as nossas diferenças.
Ámen.

Oração de oferecimento
Pai de bondade, eu sei que estás comigo.
Aqui estou neste dia.
Coloca mais uma vez o meu coração
junto ao Coração do teu Filho Jesus,
que se entrega por mim e que vem a mim na Eucaristia.
Que o teu Espírito Santo
me faça seu amigo e apóstolo, disponível para a sua missão de compaixão.
Coloco nas tuas mãos
as minhas alegrias e esperanças,
os meus trabalhos e sofrimentos,
tudo o que sou e tenho,
em comunhão com meus irmãos e irmãs desta rede mundial de oração.
Com Maria, ofereço-Te o meu dia
pela missão da Igreja
e pelas intenções de oração do Papa e do meu Bispo para este mês.

Atitudes

  • Valorizar e acolher as diferenças:
    “O diálogo social autêntico pressupõe a capacidade de respeitar o ponto de vista do outro” (Fratelli tutti, 203). Tenta criar momentos de diálogo sincero para valorizar e acolher as diferenças dos demais. Procura ser ponte entre opiniões diferentes ou em situações de conflito da tua vida quotidiana.
  • Dialogar com sinceridade e caridade:
    Francisco diz-nos que “aproximar-se, expressar-se, ouvir-se, olhar-se, conhecer-se, esforçar-se por se entender, procurar pontos de contacto: tudo isto se resume no verbo «dialogar»” (Fratelli tutti, 198). Procura espaços de encontro com os teus irmãos e irmãs de comunidade, trabalho ou grupos sociais.
  • Incluir e apostar nos processos:
    “As circunstâncias em que vivemos não mudarão de imediato. Podemos, no entanto, olhar a realidade de um modo novo, podemos viver com paixão renovada os desafios na construção do bem comum” (Papa Francisco, 4/4/19, Comissão para a América Latina). De que modo podes construir o bem comum na tua comunidade? Como acompanhas e apostas em processos de mudança, crescimento e discernimento?
  • Sentir com o outro:
    Francisco diz-nos que a amabilidade “facilita a busca de consensos e abre caminhos onde a exasperação destrói todas as pontes” (Papa Francisco, Fratelli tutti, 224). És amável e capaz de sentir empatia com as pessoas que te rodeiam. Reflete sobre formas concretas de gerar uma cultura do encontro com os teus irmãos e irmãs.
VikiJulho 2021