Agosto 1, 2021
26587 rezaram

Rezemos pela Igreja, para que receba do Espírito Santo a graça e a força de se reformar à luz do Evangelho.

Oração

Jesus Cristo, Mestre e cabeça da Igreja,
que desejas que ela te seja fiel, fiel ao teu modo de ser,
pedimos-te que, sem medos nem demoras,
a nossa Igreja anuncie a alegria do Evangelho.
Envia o teu Espírito sobre ela, fazendo-a dócil e disponível
para que, mediante a sua ação, e através da oração e do discernimento,
percorra caminhos de verdadeira conversão;
aprofundando a sua vocação itinerante e missionária,
chegando a todos os lugares e a todos os teus filhos e filhas
com a luz do Evangelho e a consolação do amor do Pai.
Ámen.

Oração de oferecimento
Pai de bondade, eu sei que estás comigo.
Aqui estou neste dia.
Coloca mais uma vez o meu coração
junto ao Coração do teu Filho Jesus,
que se entrega por mim e que vem a mim na Eucaristia.
Que o teu Espírito Santo
me faça seu amigo e apóstolo, disponível para a sua missão de compaixão.
Coloco nas tuas mãos
as minhas alegrias e esperanças,
os meus trabalhos e sofrimentos,
tudo o que sou e tenho,
em comunhão com meus irmãos e irmãs desta rede mundial de oração.
Com Maria, ofereço-Te o meu dia
pela missão da Igreja
e pelas intenções de oração do Papa e do meu Bispo para este mês.

Atitudes

  • Amar a Igreja.
    “Uma Igreja que é mãe anda pelo caminho da ternura; conhece a linguagem da grande sabedoria das carícias, do silêncio, do olhar de compaixão, de silêncio” (Papa Francisco). Amarei a Igreja em gestos concretos de oração pessoal com Cristo e de serviço aos meus irmãos e irmãs.
  • Deixarmo-nos transformar.
    “A reforma das estruturas, que a conversão pastoral exige, só se pode entender neste sentido: fazer com que todas elas se tornem mais missionárias” (Papa Francisco). Deixemo-nos inspirar por modos criativos de evangelizar nas nossas comunidades, famílias e ambientes de trabalho.
  • Discernir e escolher o melhor.
    “Discernir, entre todas as vozes, a voz do Senhor, a voz d’Aquele que nos conduz à Ressurreição, à Vida” (Papa Francisco). Procuremos manter uma atitude interior capaz de escutar as ressonâncias do coração para distinguir e escolher o que nos abre ao amor e à compaixão.
  • Viver em amizade profunda com Jesus.
    Toda a vida de Jesus, o seu modo de tratar os pobres, os seus gestos, a sua coerência, a sua generosidade quotidiana e simples, e por fim a sua entrega total, tudo é precioso e fala à própria vida (Papa Francisco). Este mês, escolhe um dos quatro Evangelhos e lê-o do princípio ao fim, lentamente, cada dia, entrando em diálogo amigo com Jesus Cristo.
  • Disponíveis para a missão de Cristo.
    “O teu coração sabe que a vida sem Ele não é a mesma coisa; então, isso que descobriste, isso que te ajuda a viver e te dá esperança, é isso que precisas de comunicar aos outros” (Papa Francisco). Cada dia, oferece a tua vida ao Senhor, em favor dos teus irmãos e irmãs, fazendo-te disponível para servir com amor nos teus ambientes.
VikiAgosto 2021