Abril 1, 2021
28623 rezaram

Rezemos por aqueles que arriscam a vida lutando pelos direitos fundamentais nas ditaduras, nos regimes autoritários e também nas democracias em crise.

Oração

Senhor Jesus Cristo, que estás perto dos que sofrem,
trazemos à tua presença o desejo de que todas as pessoas
sejam tratadas com dignidade e vejam respeitado o direito
a desenvolverem-se como dignos filhos e filhas de Deus Pai.
Infunde em nós, com o teu Espírito, a coragem e a audácia de defender
a Terra, o teto e o trabalho de todos.
Cuida de modo particular dos que arriscam a sua vida por esta causa;
desperta as nossas consciências adormecidas
e concede-nos a tua graça, para sentirmos a dor do outro como nossa
e transformarmos a realidade em promessa de vida.
Ámen.

Oração de oferecimento
Pai de bondade, eu sei que estás comigo.
Aqui estou neste dia.
Coloca mais uma vez o meu coração
junto ao Coração do teu Filho Jesus,
que se entrega por mim e que vem a mim na Eucaristia.
Que o teu Espírito Santo
me faça seu amigo e apóstolo, disponível para a sua missão de compaixão.
Coloco nas tuas mãos
as minhas alegrias e esperanças,
os meus trabalhos e sofrimentos,
tudo o que sou e tenho,
em comunhão com meus irmãos e irmãs desta rede mundial de oração.
Com Maria, ofereço-Te o meu dia
pela missão da Igreja
e pelas intenções de oração do Papa e do meu Bispo para este mês.

Atitudes

Aceitemos o desafio de Francisco, expresso na sua intenção de oração, de contribuirmos, com coragem e determinação, desde a especificidade da nossa situação, para o respeito e a defesa dos direitos fundamentais de cada pessoa, especialmente das “invisíveis” (cfr. Francisco, 10.12.18).

  • Respeitar a dignidade humana:
    “A fé exorta-nos a comprometer-nos séria e ativamente a contrastar a indiferença face às violações da dignidade humana”. (Francisco, 12.08.20)
    Respeitar a dignidade das pessoas é agir com justiça, com uma grande transparência e promovendo o desenvolvimento profissional, familiar e social das pessoas. Tens presentes as mãos dedicadas a produzir o que compras? Compras produtos produzidos por trabalhadores cujos direitos e dignidade são respeitados?
  • Arriscar-se por outros:
    “É preciso ter coragem de arriscar um salto para a frente, um pulo audaz e temerário, para sonhar e realizar como Jesus o Reino de Deus, comprometendo-vos em prol de uma humanidade mais fraterna. Precisamos de fraternidade: arriscai, ide em frente!” (Francisco, 11.08.18). Denuncia as injustiças, quando as testemunhares, e defende quem é criticado, caluniado, posto de parte.
  • Sair de nós mesmos
    “O convite a sair de si mesmo por amor de Deus e do próximo aparece como oportunidade de partilha, serviço, intercessão” (Francisco, 31.05.20). Seguir Jesus implica viver como Ele: aprender a sair de nós mesmos, ir ao encontro dos irmãos mais afastados, mais esquecidos, que têm mais necessidade de consolação e ajuda, também à tua volta.
  • Aproximar-se das fronteiras existenciais
    “Abraçar as novas fronteiras da missão requer não só que vades em novos territórios para aí levardes o Evangelho, mas também que enfrenteis os novos desafios do nosso tempo, como as migrações, o secularismo e o mundo digital” (Francisco, 22.10.18). Fronteiras e periferias existenciais… Quem encontramos aí? Os que estão fora, não apenas geograficamente; são aqueles que excluímos da nossa existência. Reconcilia-te, aproxima-te de alguém de quem te tenhas afastado.
VikiAbril 2021