Abril 15, 2018
11910 rezaram

Não a uma economia de exclusão: 
Para que os responsáveis pelo planeamento e pela gestão da economia tenham a coragem de rejeitar uma economia de exclusão e saibam abrir caminhos novos.

Oração:Pai bom, criaste este mundo
e o confiaste aos teus filhos
para que pudessem viver dos seus frutos,
através do trabalho das suas mãos e do seu engenho.
A nossa casa comum
é o lugar onde começamos a viver já a felicidade do Céu,
como teus filhos, irmãos e irmãs uns dos outros.
Mas neste mundo geram-se tantas diferenças,
tanta exclusão, e poucos têm o que deveria ser de muitos.
Unidos à Rede Mundial de Oração do Papa,
oferecemos os nossos dias, palavras e ações,
para que os responsáveis da economia
saibam pensar e decidir caminhos
que não deixem ninguém à margem do bem comum.

Pai-Nosso…

Guia pratico:

  • Procurar informar-me sobre os países onde existe maior desequilíbrio entre ricos e pobres e perceber o que leva a estas situações.
  • Promover, na própria comunidade, ou em casa, experiências de acolhimento e convívio com pessoas vítimas de exclusão por motivos económicos (desemprego, situações de vulnerabilidade, pobreza, etc.)
  • Pessoalmente e comunitariamente, fazer um tempo de oração, tendo presentes aqueles que tomam as grandes decisões a nível mundial, para que se deixem tocar pelo Espírito e encontrar modos de pensar uma economia que seja inclusiva.
Abril 2018